MÚSICAS

01 . Pelos Fandangos

02 . Charla de Vida e Tempo

03 . Jardim da Serra Gaúcha

04 . Surungo

05 . Domador

06. Bugio Candidato

07 . Vaneira Vai, Vaneira Vem

08 . Meu Chão

09 . Changueiro do Sul

10 . O Fandango do Tio Bento

11 . Minha Estrela Guia

12 . Costumes da Minha Gente

13 . Festa Campeira

COSTUMES DA MINHA GENTE

BIRO PRATES

 

Alô moçada to chegando pro fandango

Cheguei de espora e mango e vim aqui pra namorar

Sai de casa pra arranjar um casamento

Ando solteiro faz tempo, e to louco pra me encostar

 

Quero uma prenda que seja linda e faceira

Goste da lida campeira que eu estou acostumado

Todos os dias de carinho pra este peão

Porque eu sou um gauçhão daqueles apaixonado

 

 

Eu sou assim, não vou mudar

Sou do rio grande é aqui o meu lugar

Com muito orgulho sou diferente

Não vou mudar os costumes da minha gente

 

 

“Nasci assim desse jeito, muy campeiro e macanudo

Gosto do jeito que sou e nem morrendo eu não mudo”

 

 

Andam dizendo que casamento é passado

Mas eu sou acostumado com as coisas do meu rincão

Namoro sério e casamento marcado

Todo mundo convidado tem casório no galpão

 

Depois da festa pegamo o rumo do rancho

Porque afinal era o que eu mais esperava

Passamo a noite eu e a prenda grudado

E amanhecemo o dia com um herdeiro encomendado

 

Eu sou assim, não vou mudar

Sou do rio grande é aqui o meu lugar

Com muito orgulho sou diferente

Não vou mudar os costumes da minha gente

© 2019 Criado por Estribo de Prata. C
ESTRIBO DE
PRATA